segunda-feira, Outubro 21, 2013

COLOMBO: História do Mistério, Censura e Invenção


COLOMBO: História do Mistério, Censura e Invenção


(TOMO I - OS PONTOS CARDEAIS)


  
Já disponível para o Amazon Kindle 





Uma conspiração de 500 anos manteve censurada, não só a verdadeira história de Portugal e da descoberta do Novo Mundo, mas ainda a verdadeira identidade do descobridor. 
Conhecido vulgarmente como Cristóvão Colombo, o navegador nunca utilizou o nome Colombo durante a sua vida, mas sim Colon. 
Mas este nome era um pseudónimo utilizado em Espanha para esconder a sua verdadeira identidade e o segredo da sua linhagem e nacionalidade portuguesa. 
Este novo livro contém os resultados de 22 anos de pesquisas mostrando que a história oficial fora escrita com base em informação falsa e imprecisa dado que o descobridor sempre manteve a sua identidade secreta e criou um mistério em volta de todo o seu passado. 


COLOMBO: História do Mistério, Censura e Invenção é um autêntico "eye-opener", não só para nós Portugueses, como para muitas outras pessoas, inclusive os chamados Historiadores de outros países, línguas e culturas. O que o Manuel Rosa, (com a sua técnica norte-americana), conseguiu, foi aquilo que os outros até agora não haviam conseguido, ou não quiseram conseguir: que foi revelar as contradições e falsidades da maioria dos documentos que antes essa comunidade de científicos dava por correcta, por boa. É uma investigação extensa e bastante pormenorizada sobre a vida deste homem e de forma integrada no contexto dos Reinos e linguagens da época. Obra notável e acima de tudo credível acerca deste tabu da história dos Descobrimentos Portugueses e acredito não ter sido nada fácil para o autor devido a ir contra o que está estabelecido e mesmo contra muita boa gente. Um excelente livro que dá uma abordagem completamente diferente ao período dos descobrimentos portugueses e que abordagem!

2 comentários:

  1. Muito interessante, seria bom pesquisar, há, se não me engano no Algarve uma pequena vila com o nome de "Cuba". Não há registro de outro sitio com esse nome, além da ilha cuba, por sinal ilha prisão dos castros, e não seria aquela outro portuguesa onde ele, Colon teria nascido?.

    ResponderEliminar
  2. muitos parabens pelo excelente trabalho. acabo de ler num jornal mexicano que ate tem acordo com uma produtora americana para ser feito um filme. é verdade? contactou o martin scorsese? nada como "shoot for the stars". nao haverá melhor propaganda do seu brilhante trabalho que a transposicao deste para o cinema. melhores cumprimentos!

    ResponderEliminar