quarta-feira, maio 21, 2008

O Testamento Falso de 1498

Fui alertado que num artigo no Jornal escreveu-se que:
Em declarações à Lusa, Manuel Rosa afirmou que "demonstrado que o testamento é falso - o documento em que assentam as teses da historiografia tradicional sobre a sua origem genovesa e até o recente livro do casal Manuel Luciano e Sílvia Jorge da Silva que aponta para a naturalidade na Cuba -, caem as respectivas teses".

Isto está mal esclarecido. O que fica provado é que qualquer tese baseada no Testamento fica sem suporte. Isso não prova que Colon não nasceu na Cuba. Pois ainda não sabemos quem ele foi de verdade.
Também o recente livro do casal Manuel Luciano e Sílvia Jorge da Silva não é somente apoiado no Testamento de 1498 e por isso tem muitas partes que têm o seu devido mérito e que não ficam inválidas.

1 comentário:

  1. Em Portugal os jornais disponibilizem direito de resposta.

    ResponderEliminar